Nossa total falência moral

Nossa total falência moral – Esta semana me deparei com um post compartilhado por muitas pessoas, o texto era o seguinte:

[“O corredor queniano Abel Mutai estava a poucos metros da linha de chegada, mas confundiu-se com os sinais e parou, pensando que tinha terminado a corrida. O espanhol BA, Ivan Fernandez, estava mesmo atrás dele e, ao perceber o que estava a acontecer, começou a gritar para o queniano continuar a correr. Mutai não sabia espanhol e não entendia.

Percebendo o que estava acontecendo, Fernandez levou Mutai para a vitória.

Um repórter perguntou: ′′ Por que você fez isso?” Ivan respondeu: ′′Meu sonho é que um dia possamos ter algum tipo de vida comunitária onde empurramos a nós mesmos e também outros para vencer.”

O repórter insistiu ′′ Mas por que você deixou o Queniano ganhar?” Ivan respondeu: ′′ Eu não o deixei ganhar, ele ia ganhar. A corrida era dele.”

O repórter insistiu e perguntou novamente: ′′ Mas você poderia ter ganho!” Ivan olhou para ele e respondeu: ′′Mas qual seria o mérito da minha vitória? Qual seria a honra desta medalha? O que a minha mãe pensaria disso?”

Nossa total falência moral

Aquilo que seria o mínimo a ser feito torna-se algo surpreendente, se o espanhol cruzasse a linha percebendo o que estava acontecendo seria mau-caratismo.

No fundo é triste ver isso sendo noticiado dessa forma.

Quando as pessoas se surpreendem com essa atitude, estamos expondo a nossa falência moral, estamos considerando que fazer o mínimo e não ser um aproveitador é algo louvável, sendo que na verdade fazer o oposto é que seria execrável!

Concluindo, o yoga tem algo a dizer sobre isso?

Sim!!! Existe um Yama chamado Satya, que pede que o praticante viva em verdade, seria uma vitória verdadeira cruzar a linha de chegada?  Claro que não !!

Um outro Yama muito importante é Asteya, o “não roubar” do Yoga… Seria uma vitória roubada, algo na verdade profundamente injusto.

E concluindo, quando algo injusto acontece, a pessoa prejudicada sente isso como uma violência … ou seja, teríamos uma questão relacionada a Ahimsa, a não violência, que é outro Yama.

Se você não conhece sobre os preceitos éticos do Yoga, vale a pena pesquisar!

Terapias Corporais do Ayurveda II - Espaço Arjuna
Arjuna Ayurveda Spa Nossa total falência moral

No Espaço Arjuna você pode receber as fantásticas terapias corporais da medicina ayurvédica. Saiba mais sobre cada uma das terapias que oferecemos clicando no botão abaixo !!

Em Destaque:

No dia 14 de Outubro terá início o CURSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE YOGA COM CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL YOGA ALLIANCE RYS300

Não perca essa oportunidade, é o curso mais completo disponível no Brasil !